QUEM SOU EU ???

Minha foto
Alguém que acredita no carisma da "COMUNHÃO", da comunhão de vida, e é justamente por esta razão que quero dividir a minha experiência com Jesus com você. Frases Bíblicas: "Nós somos loucos por amor de Cristo..." (I Coríntios 4,10). "...Porque estou enferma de amor" (Cântico dos Cânticos 2,5). "Quanta razão há de te amar!" (Cânticos dos Cânticos 1,4). "...O Teu nome é como um perfume derramado" (Cânticos dos Cânticos 1,3). "Como és belo. meu amor! Como és encantador!" (Cânticos dos Cânticos 1,16). "Porque onde estiver o vosso tesouro, ai estará também o vosso coração" (Mateus 6,21 e Lucas 12,34). "...Amas-me mas do que estes?...Amas-me?...Amas-me?..." (João 21,15-17). "Eu sou o caminho, a verdade e a vida" (João 14,6).

OBRIGADA PELA VISITA !!!

contador de acesso

terça-feira, 18 de março de 2014

"JESUS:VITÓRIA DO AMOR"


Obs: Imagem extraída do site: scienceblogs.com.br


"JESUS: VITÓRIA DO AMOR"


Foi  na Cruz que surgiu a "Nova Criação", o decreto da Vitória do Amor sobre a morte e toda a maldade. O amor já não é somente um sentimento, uma palavrinha qualquer, o amor tomou uma forma, o amor tomou a forma humana, o amor não tomou a forma angélica, o amor assumiu a forma de Homem, e na face de Homem se revelou, mesmo com Sua divindade oculta na Cruz, todo o Seu esplendor.

O amor é uma Pessoa, a caridade se tornou uma Pessoa, a caridade se encarnou no seio de uma mulher simples, pobre e humilde. A caridade se permitiu se educar e se formar por essa mulher; a caridade escolheu um pai adotivo que desbravadamente o alentou em sua pobreza e deu o seu tudo para cuidar do amor, do Verbo Encarnado.

O amor cresceu em meio aos mais pobres para mostrar que a verdadeira riqueza está no Céu, naquilo que não vemos com nossos olhos humanos. O amor trouxe uma esperança certa; andou ao lado dos pecadores, dos esquecidos e marginalizados. O amor amou tanto que Seu olhar rompeu o pecado de Maria Madalena, a ansiedade de Pedro, o suborno da Mateus.

O amor amou as ovelhas feridas; o amor se fez fraco;o amor chorou quando Lázaro morreu; se fez pequeno e ao mesmo tempo grandioso, de Belém e Sua gruta até a grandiosa Jerusalém. Lavou com dignidade os pés dos Seus seguidores e ensinou que é preciso amar acima de qualquer coisa ou situação.

Esse mesmo amor transpirou Sangue e Suor no Monte das Oliveiras, foi traído por trinta moedas, foi julgado, ofendido, preso e açoitado como um animal sem dono, como um criminoso. Sua Carne foi rasgada sem piedade.

O amor abraçou o lenho da Cruz, o amor ou a caridade caiu, mas se levantou ultrajado como um ovelha levada ao matadouro. A caridade se deixou ser elevada ao lado de dois ladrões no ápice do Calvário. Aos pés do lenho beatíssimo da Cruz estavam Seu amigo, uma pecadora pública e Sua amada mãe.

O amor se deixou crucificar e ali arrebatou o coração do ladrão arrependido. O amor amou e perdoou a todos num sacrifício eterno de amor que só ama. O amor nos deu Sua maior riqueza: o Perdão. E como se bastasse, em Seu último suspiro "expirou" e nos deu a maior e efusão de amor; como não tinha mais o que dar, Ele gritou: "Pai, em Tuas mãos entrego o Meu Espírito". Ao dar Seu último suspiro e morrer no alto da Cruz, soprou o tesouro escondido no Céu, o Espírito Santo.

O amor, depois de sepultado, voltou dos mortos porque precisava descer ao inferno, para a mansão dos mortos e levar todos com Ele para o coração Eterno do Pai das Misericórdias. O amor deu autoridade de serviço aos Seus seguidores e se elevou. Ele nos confirmou Seu amor, provou em Pentecostes uma força incontrolável de poder e unção, nos enviando Aquele que procede do Seu Coração e do Coração do pai Eterno: O Espírito Santo.


Obs: Reflexão extraída do livro: "Efusão do Espírito Santo: Pentecostes vivido nos dias de hoje", autor: Sérgio Roberto Farias, Editora: Palavra & Prece, São Paulo, ano: 2013, páginas: 76, 77 e 78.

Site da Editora: www.palavraeprece.com.br

Um comentário:

  1. A paz de Cristo, veja meu blog: willian bugiga e o site: www.convertidos.com.br
    A paz.

    ResponderExcluir